Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Conta de luz vai subir a partir de julho; veja algumas simulações de consumo
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Conta de luz vai subir a partir de julho; veja algumas simulações de consumo

  • Publicado: Terça, 22 de Junho de 2021, 12h11
  • Última atualização em Terça, 22 de Junho de 2021, 12h11
imagem sem descrição.

Diante da crise hídrica, o valor cobrado na bandeira vermelha 2, o patamar mais alto do sistema de tarifa extra de energia, deve subir mais de 60%, de acordo com fontes que conhecem o assunto de perto. O economista Tiago Sayão, professor do Ibmec, fez algumas simulações, para mostrar como ficarão os valores das contas no próximo mês (veja abaixo).

Como o EXTRA antecipou, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai aumentar os valores das bandeiras tarifárias, uma taxa extra que é acionada quando o custo da geração de energia sobe, o que está acontecendo neste ano por causa da crise nos reservatórios das hidrelétricas.

Os custos estão sendo calculados, e os novos valores devem ser anunciados ainda neste mês, para valer a partir de julho. Hoje, é cobrado R$ 1,34 a cada cem quilowatts-hora (kWh) consumidos na bandeira amarela; R$ 4,16 na bandeira vermelha 1; e R$ 6,24 na vermelha 2. Na bandeira verde, não há cobrança adicional.

Pelos cálculos conduzidos pela Aneel, o novo valor da bandeira vermelha 2 deve ser de cerca de R$ 10. Analistas do setor estimam ser necessário algo próximo a R$ 12 na bandeira vermelha 2 para que ela consiga dar conta de cobrir os custos extras decorrentes da geração de energia por termelétricas. Essa bandeira deve vigorar pelo menos até novembro, quando terá início o período úmido.

O aumento impacta outros custos mensais das famílias, como gastos com condomínio, e podem ser repassados em preços de produtos e serviços.

Via Jornal Extra

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página