Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Reforma na emergência do São Francisco ganha destaque
Início do conteúdo da página

Reforma na emergência do São Francisco ganha destaque

Publicado: Quinta, 09 de Setembro de 2021, 17h26 | Última atualização em Quinta, 09 de Setembro de 2021, 17h54 | Acessos: 128
imagem sem descrição.

O comunicado sobre o início da reforma da emergência do Hospital Municipal São Francisco Xavier (HMSFX) foi um dos assuntos de maior destaque da 35ª  Sessão Ordinária, realizada na tarde desta quinta-feira (09).

O anúncio de que a reforma da ala emergencial do hospital municipal foi iniciada ontem (08) foi feito pelo presidente da Comissão de Saúde, vereador Vinicius Alves (Republicanos). Diversos outros vereadores também pediram a palavra para comentar o assunto e parabenizaram o chefe do Poder Executivo por iniciar esta obra que era uma necessidade antiga e deverá trazer benefícios para a cidade..

O presidente da Comissão de Saúde informou que os pacientes que precisarem de atendimentos emergenciais enquanto durar a reforma deverão procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou postos de saúde 24h, como o de Vila Geni, por exemplo. Segundo informou o vereador, a previsão de duração da obra é de 4 meses.

O anúncio também foi repercutido pelo vereador Fabinho (PL), que comentou que nasceu no HMSFX. O edil parabenizou o Prefeito pelo início da reforma da emergência e destacou a importância da revitalização do espaço para oferecer um hospital a altura do que a população de Itaguaí merece. 

O presidente Gil Torres (PSL) parabenizou os vereadores por prestar os esclarecimentos à população sobre a reforma da emergência do hospital e ao prefeito Rubão e ao secretário de saúde Carlos Zóia pela competência. Gil Torres também chamou atenção para a realização de um trabalho bem feito fora do período eleitoral.

O vereador Sandro da Hermínio (PP) comentou que esteve recentemente no hospital e se surpreendeu com a boa integração das informações de prontuário médico, oferecendo agilidade no atendimento e demonstrando que na atual gestão há uma preocupação verdadeira com a saúde.

Gil Torres comentou que as ações do Poder Executivo só não acontecem com maior agilidade devido à burocracia necessária, como licitações e demais processos administrativos, mas que percebe que há um comprometimento em implementar o quanto antes as melhorias que a cidade necessita.

O vereador Jocimar do Cartório (PTC) também foi à tribuna comentar o início da reforma da emergência do hospital municipal. O edil parabenizou o chefe do Poder Executivo não somente pelo início das obras, mas também por ter atendido uma indicação de sua autoria.

Presidente explica Regfis

Já no fim da sessão o presidente Gil Torres comentou sobre uma matéria com pedido de urgência de autoria do Poder Executivo lida no Expediente Recebido. Gil explicou que se trata do Programa Especial de Regularização Fiscal (Regfis), que oferece descontos e parcelamentos aos contribuintes interessados em regularizar suas dívidas junto à Fazenda Municipal.

Com a proposta o contribuinte poderá garantir até 95% de descontos em juros e multas para quitação de dívidas fiscais com o município. 

O chefe do Legislativo adiantou que a matéria deverá entrar na Ordem do Dia da próxima sessão, que foi marcada para terça-feira (14) às 14h.

Ordem do Dia

 Com uma pauta tranquila, a Ordem do Dia da 35ª Sessão Ordinária foi composta de três Requerimentos de Moções, 18 Indicações, três pareceres da Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJR) para serem votados e uma proposta em 1ª Discussão.

Foram aprovados os requerimentos de moções para o Sr. Valter Martins, de autoria do vereador  Vinícius Alves; para o Sr. Antônio Carlos Pires da Conceição, de autoria do vereador Jocimar do Cartório; e para a Srª. Carola Paula da Silva, também de autoria do vereador Jocimar.

Entre as indicações estavam solicitações como recapeamento de asfalto; providências na Praça do Skate no bairro Santana; manutenção de bueiros; poda de árvores; mutirão de limpeza e demais reparos na Estrada São Carlos, no Jardim Weda, e na Casa de Acolhimento Lar do Idoso, no Bairro Leandro; construção de praça em Vila Margarida; demarcação e sinalização de vagas para deficientes físicos em frente a Igreja Batista, no Jardim América; construção de galeria no valão próximo ao Guanabara, reparos na iluminação pública, entre outras.

Todos os pareceres da CCJR foram pela constitucionalidade das matérias e tiveram seu entendimento acompanhado pelo plenário por unanimidade. Os projetos foram:

  • Parecer CCJR: Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre o Plano Plurianual de Governo do Município para o quadriênio 2022/2025;
  • Parecer CCJR: Projeto de Lei de autoria do vereador Fabinho, que institui a Política Pública Municipal de Psicologia Social Comunitária;
  • Parecer CCJR: Assunto: Projeto de Lei de autoria do vereador Fabinho, que dispõe sobre a implantação do canal de denúncias ou suspeitas de maus tratos contra idosos no âmbito do Município de Itaguaí;

Em 1ª discussão foi aprovado o Projeto de Lei nº 3.962, de autoria do Poder Executivo. A proposta autoriza o Poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Educação, a filiar-se como associado da Associação Civil sem Fins Lucrativos União dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio de Janeiro – UNDIME – RJ, e a pagar as respectivas anuidades. O projeto foi aprovado por unanimidade.

registrado em:
Fim do conteúdo da página