Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > CMI convida população de Itaguaí para doar sangue
Início do conteúdo da página

CMI convida população de Itaguaí para doar sangue

Publicado: Sexta, 16 de Julho de 2021, 16h51 | Última atualização em Sexta, 16 de Julho de 2021, 17h14 | Acessos: 422
imagem sem descrição.

A distância entre a cidade de Itaguaí e a capital do Rio de Janeiro, onde fica situada a sede do HemoRio, pode ter sido um fator que dificultou para que alguns moradores do município não realizassem sua primeira doação de sangue.

Pensando nisso, a Câmara Municipal de Itaguaí (CMI) está realizando uma parceria com o HemoRio e convida toda a população e os profissionais que atuam no município para participar da coleta externa de sangue que será realizada na Câmara Municipal de Itaguaí no dia 21 de julho.

A CMI está tomando todas as medidas de proteção contra a propagação da Covid-19 para que os doadores possam realizar esse ato de solidariedade com a máxima segurança. 

Por falar em covid, fique atento ao intervalo entre as vacinas contra covid e a doação de sangue. Quem tomou a Coronavac deve aguardar 48 horas para realizar a doação de sangue. Já quem tomou Astrazeneca, Pfizer ou Janssen deve aguardar 7 dias. A regra vale tanto para a primeira dose quanto para a segunda dose.

Venha doar sangue! A coleta será realizada nas dependências da Câmara Municipal de Itaguaí dia 21 de Julho, de 10h às 15h

O seu tipo de sangue é o tipo de alguém que está precisando neste momento e você pode salvar uma vida. Compareça!

Por que devo doar sangue?

Além de ser um ato de amor e generosidade ao próximo. Ao fazer esse gesto o doador pode dar esperança de vida e de saúde para quem mais precisa. Vale ressaltar que uma única doação pode salvar até quatro vidas! 

Sua doação ajuda pacientes doentes, internados, em tratamento de anemia ou pessoas que já sofreram algum acidente. 

Não há nenhum risco de você contrair qualquer doença durante a doação.

Benefícios da doação de sangue para a saúde


Há muitos benefícios da doação de sangue para a saúde, que vão desde a redução de doenças do coração à satisfação em promover uma boa ação.

Há estudos que comprovam que a doação de sangue reduz a viscosidade do sangue, assim, quem doa se torna menos propensos a desenvolver doenças do coração. Isso ocorre porque durante esse processo há uma espécie de limpeza sanguínea, pois o nosso sangue é produzido na medula e é renovado a cada três ou quatro meses.

Neste período, o sangue é descartado, ou seja, a doação se torna bastante eficaz para quem precisa. Sendo assim, com a doação há uma renovação das células, colaborando com a redução de oxidativos.

Como é feita a doação de sangue e quem pode doar?

Muitas pessoas sabem da importância de doar sangue, mas desconhecem como é feita a doação ou têm medo. O procedimento é seguro, já que é realizado com materiais descartáveis e, além disso, o doador estará acompanhado com uma equipe treinada, portanto, não há riscos.

A cada coleta, são retirados 450 ml de sangue, quantidade que o corpo recompõe em até 72 horas. Assim, não há riscos para o doador.

A recomendação é respeitar o intervalo para realizar a doação seguinte. Os homens devem esperar 60 dias entre uma coleta e outra e podem realizar no máximo 4 doações em um ano. Já as mulheres devem esperar 90 dias para doar sangue novamente, e podem doar no máximo 3 vezes no ano.

Critérios para realizar doação de sangue

Para saber se você está apto a doar e ciente que seu sangue será utilizado, é preciso conhecer os critérios de doação. Dessa forma, para uma análise mais precisa de cada doador, é realizada uma triagem clínica através de uma entrevista antes da doação. 

Alguns dos critérios são:

  • Portar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho certificado de reservista ou carteira do conselho profissional)
  • Ter entre 16 e 69 anos (o candidato para doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos necessita de autorização e presença de um dos pais ou responsável legal durante todo processo da doação de sangue);
  • Estar bem de saúde;
  • Pesar acima de 50 kg;
  • Não é necessário estar em jejum. Apenas evite alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação;
  • Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;

Há também alguns casos em que a doação não pode ser realizada temporariamente. Veja quais são essas situações:

  • pessoas com sintomas de gripe ou resfriado ou que realizaram extração dentária devem aguardar pelo menos uma semana;
  • febre - acima de 37°C
  • quem fez maquiagem definitiva ou tatuagem só pode realizar a doação de sangue após 1 ano;
  • gestantes (90 dias após o parto normal, 180 dias após a cesariana);
  • mulheres que amamentam podem doar 12 meses após o parto;
  • Quem tomou a vacina contra a gripe, deve aguardar 48 horas para realizar a doação.
  • Quem se vacinou contra a covid deve estar atento: quem tomou a Coronavac deve aguardar 48 horas para realizar a doação de sangue. Já quem tomou Astrazeneca, Pfizer ou Janssen deve aguardar 7 dias. A regra vale tanto para a primeira dose quanto para a segunda dose das vacinas.

Quem não pode doar sangue?

Não podem doar sangue pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, tenha evidência clínica ou laboratorial de doenças sexualmente transmissíveis, como hepatite B e C, aids (vírus HIV), doenças ligadas ao vírus HTLV I e II. Doenças de chagas, o uso de drogas ilícitas injetáveis e malária também são impedimentos definitivos para doar sangue.

 

Protocolo após a doação

É importante lembrar que o HEMORIO e a CMI não irão enviar os resultados da doação de sangue para o doador. Caso haja interesse em recebê-lo, o doador deve dirigir-se ao HEMORIO. Se houver necessidade de repetição de algum dos testes, o doador receberá uma correspondência do HEMORIO solicitando seu comparecimento à instituição;

Após a doação o doador irá descansar durante 5 ou 10 minutos. O HEMORIO oferecerá um lanche. É recomendado que o doador não fume durante uma hora e nem tome nenhuma bebida alcoólica durante cinco horas. 

É importante que o doador não realize nenhum esforço físico até o dia seguinte ao da doação usando o braço do qual foi retirado sangue. E o mais importante: compartilhe sua experiência com seus amigos para que estes também se sintam motivados a doar sangue.

 

 

  

  

  

   

   

  

registrado em:
Fim do conteúdo da página