Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Saem primeiras regras sobre pagamento de multas de trânsito via cartão de crédito no Rio
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Saem primeiras regras sobre pagamento de multas de trânsito via cartão de crédito no Rio

  • Publicado: Quinta, 08 de Fevereiro de 2018, 14h03
  • Última atualização em Quinta, 08 de Fevereiro de 2018, 14h03
imagem sem descrição.

O Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ) divulgou os novos procedimentos para a criação de um sistema que permita o pagamento das multas de trânsito por meio de cartão de crédito. Em breve, os motoristas poderão quitar os valores à vista no cartão de débito ou parcelados no cartão de crédito.

Por enquanto, o Detran-RJ ainda está credenciando empresas parceiras que possam oferecer o serviço para os motoristas, mas algumas normas que afetam os contribuintes já foram definidas.

Caso o limite disponível no cartão de crédito não seja suficiente para pagar a multa, será possível usar até três cartões de crédito diferentes para que a soma dos saldos atinja o total necessário. Essa alternativa de pagamento estará disponível para pessoas físicas e jurídicas, no entanto, apenas cartões com chip poderão ser utilizados.

Segundo o Detran-RJ, não será necessário que o usuário seja o titular do cartão de crédito ou débito, uma vez que uso da senha, pessoal e instransferível, garante a segurança da operação.

Após o pagamento, o contribuinte terá de 30 a 60 minutos para receber o comprovante por SMS ou WhatsApp.

As regras do Detran-RJ foram publicadas após o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) autorizar os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) a aceitar o pagamento de multas de trânsito e demais débitos relativos ao veículo por meio de cartões de débito ou crédito. Até então, apenas multas aplicadas em veículos registrados no exterior poderiam ser arrecadadas com cartões de débito ou crédito.

O objetivo principal é reduzir a inadimplência relativa ao pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos ao veículo.

Via Jornal Extra

registrado em:
Fim do conteúdo da página