Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Eventos > Câmara recebe Audiência Pública da Saúde
Início do conteúdo da página

Câmara recebe Audiência Pública da Saúde

Publicado: Quinta, 01 de Junho de 2017, 15h01 | Última atualização em Quinta, 01 de Junho de 2017, 16h08 | Acessos: 556
imagem sem descrição.

Na manhã da última quarta-feira, dia 31/05, a Câmara Municipal de Itaguaí recebeu em seu plenário a Audiência Pública da Saúde, referente ao 1º quadrimestre do ano de 2017. A apresentação foi acompanhada de perto pelo presidente da Casa, Vereador Dr. Rubem Ribeiro (PTN), e pelo presidente da Comissão de Saúde, vereador Gil Torres (PTN).

— Chega de descaso com a população. Vou acompanhar de perto, afinal, pessoas estão morrendo. Estou empenhado e decidido para ver o Hospital Municipal São Francisco Xavier funcionando, bem como a UPA — declarou o presidente Rubem Ribeiro.

A auditoria foi conduzida pelo Secretário Municipal de Saúde, Carlos José Guimarães Graça, Rogério Ferreira, Subsecretário Municipal de Saúde, e Dulce Maria de Souza Inouie, do Planejamento e Desenvolvimento em Saúde. Também estiveram na Audiência Pública da saúde o vereador Ivanzinho (PSB),  e o vereador André Amorim (PR), que participou brevemente da reunião.

Atualmente o município possui 276 médicos, 401 profissionais de nível superior, e 894 profissionais de saúde de nível médio. Os dados sobre os números de nascimentos também foram apresentados na audiência pública da saúde. Somente nos primeiros quadro meses desse ano nasceram um total de 213 bebês em terras Itaguaienses. Deste total, 205 foram filhos de cidadão residentes em Itaguaí. Seropédica, um dos municípios vizinhos, era a residência de 4 bebês que nasceram no Hospital Municipal São Francisco Xavier. Seguido por dois casos de moradores de Mangaratiba, e mais dois casos, um deles de um morador de Belford Roxo, e o outro de um morador da cidade do Rio de Janeiro. Se incluirmos na lista os sete bebês que nasceram em domicilio, o número de nascidos no município de Itaguaí no período compreendido sobre para 220.

Os dados sobre óbitos também foram apresentados na Audiência Pública. A maior causa de óbitos no sistema de saúde no município de Itaguaí no período de janeiro à abril deste ano foram doenças do aparelho circulatório, com 51 casos, seguido de doenças no aparelho respiratório, com 33 casos.

Recursos Federais recebidos

Foi apresentado aos presente durante a Audiência Pública da Saúde o relatório do montante dos recursos federais recebidos fundo a fundo durante o período do 1º quadrimestre de 2017. Os maiores valores recebidos são referentes ao Piso da Atenção Básica (PAB), tendo o PAB fixo recebido o valor de R$ 966.308,72, e o PAB variável o valor de R$ 905.456,00. Também foram recebidos recursos destinados a Média e Alta Complexidade (MAC), Piso Fixo de Vigilância e Saúde (PFVS), Piso Fixo de Vigilância Sanitária – PFVISA, Programa de Assistência Farmacêutica (parcelas), Programa Farmácia Popular do Brasil, e gestão do SUS. Somando tudo, foi recebido de recursos federais o montante de R$ 7.920.444,02.

Despesas pagas

As despesas pagas de janeiro a abril deste ano totalizam R$ 35.470.199,65, desse valor R$ 28.785.504,78 foram pagos com recursos próprios, e R$ 6.684.694,87 pagos com recursos do SUS. Entre as despesas estão: Vencimentos e vantagens Fixas e encargos sociais, Material de Consumo, Material de Distribuição Gratuita, Passagem e despesa com locomoção, Serviço de Terceiro - Pessoa Física, Serviço de Terceiro - Pessoa Jurídica, Outras Despesas Correntes -  Auxílio Transporte, Outras Despesas Correntes -  Auxílio Alimentação, Obrigações Tributárias e Contributivas, Despesas de Exercício Anterior, Depósito Judicial e Despesas de Capital.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página