Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Indicação sugere sistema drive-in para espetáculos circenses no município de Itaguaí
Início do conteúdo da página

Indicação sugere sistema drive-in para espetáculos circenses no município de Itaguaí

Publicado: Quarta, 17 de Junho de 2020, 12h59 | Última atualização em Quarta, 17 de Junho de 2020, 12h59 | Acessos: 174
imagem sem descrição.

Um dos temas discutidos durante a 24ª Sessão Ordinária, realizada na noite de ontem (16/06), foi a sugestão do vereador Willian Cezar para que o poder público autorize a atividade circense no formato drive-in como opção de cultura e lazer durante o distanciamento social.

social. A indicação foi aprovada por unanimidade e recebeu o apoio do Presidente da Casa, Rubem Ribeiro e do líder de governo, vereador Sandro da Hermínio.

Willian lembrou que o método drive-in já foi bastante utilizado antigamente para cinema e que é uma forma eficaz de evitar o contágio e garantir entretenimento, além de ajudar a sobrevivência do artista que tira da arte o seu sustento.

O Presidente da Casa se solidarizou aos profissionais do circo que se encontram há três meses instalados no município de Itaguaí sem poder apresentar seu espetáculo. Rubem parabenizou o colega pela iniciativa e enfatizou que são cerca de 60 profissionais que dependem inteiramente do circo e neste momento de pandemia estão contando com a solidariedade das pessoas e com a renda da venda de pipoca. O chefe do Legislativo municipal destacou que além da necessidade de ajudar o circo há também a importância de ter no município uma atração para que as pessoas possam se distrair com segurança. 

O líder de governo, vereador Sandro da Hermínio, elogiou a iniciativa do colega e se comprometeu em buscar um entendimento sobre o assunto no dia seguinte. Sandro comentou que a ideia é interessante pois ajuda os membros do circo e oferece entretenimento aos munícipes de Itaguaí e convidou o vereador Willian Cezar a assinar com ele uma indicação para que o modo drive-in também possa ser utilizado em cinema. O líder de governo sugeriu a utilização da área da Expo.

Participaram da sessão de forma remota os vereadores André Amorim, Willian Cezar, Waldemar Ávila, Reinaldo do Frigorífico, Minoru e Haroldo Jesus. De forma presencial participaram os vereadores Genildo Gandra, Vinicius Alves, Carlos Kifer, Noel Pedrosa, Sandro da Hermínio, Gil Torres, Nisan César, Roberto Lúcio e o Presidente da Casa, Rubem Ribeiro.

A ausência dos vereadores Ivan Charles e Fabinho foi justificada pois ambos são membros da Comissão de enfrentamento ao Covid-19 e foram a Brasília buscar investimentos para melhorias no enfrentamento do município à pandemia do novo Coronavírus.

Estações de higienização das mãos

Outra sugestão para o enfrentamento ao coronavírus foi a indicação do vereador Willian Cezar para que sejam disponibilizadas estações de higienização das mãos. O edil comentou que vários municípios já adotaram a medida e que a Prefeitura possui verba para implementar tal medida.

1ª Discussão

Foi aprovado por unanimidade em primeira discussão o Projeto de Lei nº 3.847, de autoria do vereador Willian Cezar, que institui o dia 25 de novembro como dia municipal de combate ao feminicídio no Município de Itaguaí.

Discussão final

Em Discussão Final foram aprovados sem votos contrários dois projetos de lei e duas resoluções.

A Resolução nº 009, de autoria de 06 vereadores, altera o §1º e suprime o inciso I do artigo 17 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Itaguaí. O Presidente da Casa explicou que a resolução é um ajuste no Regimento Interno da Casa sobre a questão do voto verbal e aberto. A proposta foi aprovada por unanimidade.

A Resolução nº 010, também assinada por 06 vereadores, altera o §1º do artigo 184 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Itaguaí. Rubem explicou que a proposta altera a questão do parecer da Procuradoria Jurídica da casa em todas as matérias. Segundo foi explicado, a matéria teria o objetivo de evitar atrasos na liberação dos projetos de leis, pois com a alteração a Procuradoria Jurídica só emitirá o parecer quando for solicitado pela comissão em que a matéria estiver. A proposta foi aprovada por unanimidade.

Também foi aprovada por unanimidade a Lei nº 3.845, de autoria do vereador Willian Cezar, que dá nome a escola em construção no Bairro Amendoeira para que passe a se chamar Escola Professor Pedro Antônio Bezerra dos Santos. Um homenagem ao professor e servidor da Casa Legislativa que faleceu no mês passado. Também foi aprovada a Lei nº 3.846, de autoria do vereador Willian Cezar, que denomina oficialmente o logradouro conhecido como Aramis Brito Oliveira, no Bairro Vila Margarida.

registrado em:
Fim do conteúdo da página