Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Câmara anula sessão de cassação de Charlinho e Abelardinho
Início do conteúdo da página

Câmara anula sessão de cassação de Charlinho e Abelardinho

Publicado: Segunda, 23 de Março de 2020, 17h08 | Última atualização em Segunda, 23 de Março de 2020, 20h08 | Acessos: 263
imagem sem descrição.

A Câmara Municipal de Itaguaí realizou as 14h de hoje (23/03) uma sessão atendendo a uma consulta que o então presidente, vereador Noel Pedrosa (Avante), fez a Procuradoria Jurídica da Casa em razão das ações que o então ex prefeito Charlinho e seu vice, Aberladinho, deram entrada no Fórum da Comarca de Itaguaí questionando a nulidade da votação da Comissão Especial Processante (CEP 004/2019) que cassou o mandato o prefeito e vice prefeito sob acusação de prática de nepotismo. 

A Procuradoria da Casa opinou que a votação, que ocorreu de forma secreta, deveria ter sido feita de forma aberta. 

Acatando a Procuradoria, o presidente em Noel Pedrosa convocou Sessão Extraordinária e levou o assunto para ser deliberado em plenário. Com treze vereadores presentes, o plenário da Câmara Municipal de Itaguaí decidiu por unanimidade anular a sessão que cassou o prefeito e o vice.

Liminar favorável do STF

O vice prefeito Abeilardinho obteve uma liminar favorável no Supremo Tribunal Federal (STF) e o então Presidente da Câmara, vereador Noel Pedrosa, marcou uma sessão para dar posse ao vice prefeito e o prefeito nos seus respectivos cargos, bem como empossar novamente o vereador Rubem Ribeiro (Podemos) como Presidente da Câmara.

A Sessão Solene de Posse, marcada para às 15h de hoje, não contou com a presença do prefeito e seu vice. Mesmo notificados, Charlinho e Abeilardinho não compareceram à Câmara para a posse. Sendo empossado na sessão solene apenas o presidente Rubem Ribeiro.

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página