Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Câmara discute local para realização de provas do Detran no município
Início do conteúdo da página

Câmara discute local para realização de provas do Detran no município

Publicado: Sexta, 04 de Outubro de 2019, 15h47 | Última atualização em Sexta, 04 de Outubro de 2019, 15h47 | Acessos: 125
imagem sem descrição.

Um dos assuntos abordados durante a 47ª Sessão Ordinária, realizada na última terça-feira (01/10), foi o fato de atualmente as provas práticas do Detran das auto escolas situadas no município de Itaguaí estarem sendo realizadas no município de Mangaratiba.

O vereador Ivan Charles (PSB) trouxe à tona a discussão ao apresentar uma indicação solicitando viabilização de área pavimentada e celebração de convênio junto ao Detran para realização de exames práticos de direção veicular.

O parlamentar contou que essa reivindicação veio de representantes das auto escolas situadas no município, que alegaram que o atual governo teria retirado a área em que seriam realizados os exames práticos de direção e por conta disso a avaliação não é mais realizada no município.

— O prefeito tirou (o local de realização das provas), que seria ali no parque municipal. Em alguns pontos eu concordo de não fazer ali, porém tirou dali mas não disponibilizou uma área para que as auto escolas realizem esses exames práticos no município. Ou seja, as pessoas tem que sair daqui para irem a Mangaratiba porque a Prefeitura não disponibiliza uma área. E não é uma ou duas auto escolas, são sete auto escolas com 49 veículos que movimentam uma média 300 a 400 pessoas por mês para a realização dos exames práticos. É uma coisa que não dá pra entender — questionou o vereador Ivan Charles.

O líder de governo, vereador Sandro da Hermínio (Avante), perguntou se junto com a reivindicação haveria da parte dos condutores alguma sugestão de área para a realização das provas.

— Questiono pois tenho interesse em defender. A gente tem que destinar uma área, (saber) se já existe uma área pavimentada para isso, para que possamos mover um plano de ação para que isso seja executado e buscar a viabilidade de resolver — comentou a liderança de governo, que pediu a ajuda dos representantes das auto escolas para avaliar um local no município para a realização das provas.

Ivan agradeceu a colaboração do vereador Sandro e comentou que os representantes alegam que procuraram a Secretaria de Transporte e o Prefeito para viabilizar uma área, mas que infelizmente não foram atendidos.

Veja outros assuntos abordados durante a mesma sessão aqui.

Radares em Coroa Grande

O vereador Willian Cezar subiu à tribuna para defender a importância dos radares na Rodovia Rio Santos na altura de Coroa Grande. Os radares foram colocados e posteriormente retirados. O edil afirmou que pediu o levantamento do número de acidentes no local, e foi informado que após a instalação dos radares o número de acidentes foi zerado.

Willian retomou o assunto já abordado por ele em sessões anteriores, e relatou que ao gravar um vídeo no local quase presenciou um acidente com um veículo que, pela ausência dos radares, não diminuiu a velocidade para entrar em Coroa Grande e por isso quase colidiu com outro veículo.

— Mais um pouco e meu vídeo seria para testemunhar um acidente — comentou.

O presidente da Casa, vereador Dr. Rubem Ribeiro (Podemos) compartilhou da ideia do vereador Willian pela volta dos radares de Coroa Grande.

— Acho que tem radares excessivos na Rio Santos, mas especificamente no caso dos radares de Coroa Grande e também na entrada de Itacuruçá, concordo com vossa excelência pois são entradas perigosas e que há realmente a necessidade — endossou o chefe do Legislativo.

Willian completou falando da importância dos radares em pontos específicos na Rodovia Rio Santos

— O radar de Coroa Grande tem a mesma finalidade que o de Muriqui e o de Praia Grande. Me explica como que vai entrar se ninguém reduzir a velocidade ali? — questionou o vereador.

registrado em:
Fim do conteúdo da página