Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Câmara recebe Audiência Pública da Saúde
Início do conteúdo da página

Câmara recebe Audiência Pública da Saúde

Publicado: Quarta, 02 de Outubro de 2019, 10h07 | Última atualização em Quarta, 02 de Outubro de 2019, 10h16 | Acessos: 102
imagem sem descrição.

A Câmara Municipal de Itaguaí recebeu na última sexta-feira (26) uma Audiência Pública para divulgação dos dados da Secretaria Municipal de Saúde. A prestação de contas foi conduzida pela diretora de Planejamento e Desenvolvimento em Saúde, Dulce Maria de Souza Inouiê.

Os dados apresentados foram referentes ao 2º quadrimestre de 2019 e mostraram informações da Rede de Assistência Municipal, como Atenção Básica, Atenção Especializada, Secretaria Municipal de Saúde, Direção de Vigilância em Saúde, Saúde Mental e Rede de Urgência e Emergência.

A audiência aconteceu no plenário da Câmara Municipal de Itaguaí e reuniu cerca de 30 pessoas.

Os dados

Fazendo uma média dos quatro meses, a Rede Municipal de Saúde possui 229 médicos entre contratados e efetivos, 291 profissionais de nível superior, 391 profissionais de nível médio de saúde, 244 profissionais de nível fundamental da saúde, 178 profissionais administrativos, 194 cargos comissionados e dois funcionários de apoio.

No período do 2º quadrimestre, que vai de 01 de maio a 31 agosto, nasceram 352 bebês no município de Itaguaí e 233 pessoas vieram a óbito.

Sobre o montante e a fonte dos recursos aplicados no período o relatório dos recursos recebidos fundo a fundo mostra um total de R$ 15.099.856,29, sendo R$ 4.560.380,60 em Média e Alta Complexidade, R$ 6.890.426,63 no total de Fundo a Fundo União e R$ 1.319.003,03 de repasses estaduais.

No tópico Assistência Farmacêutica os dados mostram que foram recebidos na Farmácia Central durante o 2º quadrimestre um total de 2.289.869 medicamentos.

Na Atenção Básica há um total de 34.630 cadastrados, sendo 324 novos cadastros de indivíduos durante o período analisado.

No Serviço de Atendimento Domiciliar foram realizados 687 assistências médicas, 2.420 assistências domiciliar por equipe multiprofissional (não médico), e 452 assistências domiciliar por profissional de nível médio. Ao todo foram realizadas um total de 3.450 assistências domiciliares.  

No âmbito do planejamento familiar foram realizados 24 inserções de DIU, 48 laqueaduras, 27 vasectomias, e 131 atendimentos. Em se tratando de saúde da mulher foram realizados no período analisado 2.036 exames preventivos e 1.784 preventivos realizados em mulheres entre 25 e 64 anos. No quesito saúde da criança e adolescente foram realizados 437 testes do pezinho, 258 testes do olhinho, 351 testes da orelhinha, 258 testes da linguinha e 244 testes do coraçãozinho.

Os dados referentes ao Programa de Hipertensão e Diabetes mostram que há um total de 1.498 pacientes insulino-depentendes. Durante o período analisado foram distribuídos 151.420 lancetas, 175.450 tiras reagentes, 105 aparelhos de HGT, 2.026 insulina NPH, e 401 insulina regular. Somando-se os hipertensos, diabéticos e associados atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégia Saúde da Família (ESF) o Programa de Hipertensão e Diabetes tem 12.363 cadastrados.

No Centro Municipal de Especialidades Médicas foram realizadas 11.060 consultas médicas em atenção especializadas no período analisado. No Centro de Especialidades Odontológicas foram realizados 1.275 procedimentos de periodontia, 770 procedimentos de cirurgia oral, e 739 procedimentos básicos realizados em pessoas com necessidades especiais.

Também foram apresentados dados referentes à Saúde Mental, como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), o Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSI) e o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD).

Segundo as informações divulgadas foram realizadas 68 notificações de dengue, 406 notificações de chicungunya, nenhuma notificação de zika, 34 notificações domésticas de violência sexual, 42 notificações de tuberculose, 8 notificações de meningites, nenhum caso de hepatites virais, 12 notificações de HIV adulto, 25 notificações de sífilis em gestantes e 4 notificações de sífilis congênita.

Os dados sobre a rede de urgência e emergência mostram que durante o segundo quadrimestre foram realizados no Hospital Municipal São Francisco Xavier 34.084 atendimentos de urgência em atenção especializada, 1.139 internações, 107 transferências e 202 óbitos.  Foram realizados 11.837 procedimentos de enfermagem, como P.A, cateterismo, oxigenoterapia, retirada de pontos, sondagem e drenagem de abcesso no HMSFX.

Por estar fechada, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) não recebeu medicamentos, e nem teve números de atendimentos em urgência e emergência.

Os dados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) mostram que foram atendidas 331 chamadas recebidas pela central e 560 transportes inter-hospitalar pela unidade de suporte básico de vida terrestre (USB).

Também foram divulgados dados sobre imunização, ações de prevenção e combate à endemias, vigilância ambiental em saúde, controle da tuberculose, controle de hanseníase.

registrado em:
Fim do conteúdo da página