Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banner > Isenção de ITBI para o Minha Casa Minha Vida é aprovado pela Câmara
Início do conteúdo da página

Câmara aprova em 1ª discussão projeto Casa Acolhedora para mulheres vítimas de violência doméstica

Publicado: Sexta, 13 de Abril de 2018, 18h35 | Última atualização em Sexta, 13 de Abril de 2018, 18h42 | Acessos: 80
imagem sem descrição.

Na 15ª Sessão ordinária, que aconteceu na última terça-feira (10/04), a Câmara Municipal de Itaguaí deu mais um passo em direção a promoção de políticas públicas que visem proteger a mulher vítima de violência doméstica. O Projeto de Lei nº 3.640, de autoria do vereador Noel Pedrosa (Avante), que institui o Projeto Casa Acolhedora para mulheres vítimas de violência doméstica, foi aprovado por unanimidade em primeira discussão.

 

Moção

Foi com muitas palmas e ovacionado pela plateia que acompanhava os trabalhos do Legislativo que George D’Almeida, jornalista, teatrólogo, roteirista, poeta, escritor, ator e diretor teatral, recebeu das mãos do líder de governo, vereador Sandro da Hermínio (PT do B) uma moção de congratulações e elogios.

A moção se justifica na história de vida do homenageado, que começou sua vida escrevendo cartas em bares, esquinas e praças. Foi editor chefe dos jornais Tribuna Popular, Sul Fluminense e Ideal Notícias, no interior do estado do Rio de Janeiro, mantendo sempre uma linha editorial preocupada com a comunidade e com as questões sociais. Desde os seus 11 anos dedica sua vida ao teatro, e aos 15 anos, escreveu a sua primeira peça intitulada “Juventude em crise”, e nunca mais parou de escrever.

Como escritor de peças teatrais George destaca a realidade como forma de exprimir o seu interior. Dentre suas obras podemos destacar “Julgamento Social”, premiada no 1º Festival de Teatro de Itaguaí e “Perdoe-me Mãe” ganhadora de diversos prêmios.

registrado em:
Fim do conteúdo da página